10 de mar de 2012

M.E.T.A.S.



A maioria dos Administradores ou estudantes de Administração e muitos líderes conhecem o método SMART.  Entretanto, poucas são as pessoas que ouviram falar sobre o método M.E.T.A.S. que é a mesma coisa!

Para termos uma meta, ela deve ser, o que alguns autores chamam de metas SMART (do inglês - espertas):
•    S - Specific - Específica
•    M - Measuareable - Mensurável
•    A - Attainable - Atingível
•    R - Reazon (or relevant) - Significativa
•    T - Time (or time-bound) - Tempo


Pergunto: Por quê não utilizar as iniciais em português? Talvez porque muitos especialistas achem que citar a sigla que forma uma palavra em inglês é mais culto, ou acreditem que citando a sigla em inglês soa mais importante ou sofisticado.

Em português teríamos uma sigla muito mais representativa para o método SMART. Vejamos:

Método M.E.T.A.S.:

•    M - Mensuráveis
•    E - Específicas
•    T - Tempo
•    A - Atingíveis
•    S - Significativas


Dessa forma, as metas devem ser M.E.T.A.S.: mensuráveis, específicas, com tempo definido, atingíveis e significativas.


Mensuráveis:
Toda meta tem que ser mensurável, fundamentalmente em valor monetário. Sem isso não temos como controlar ou acompanhar o quanto estamos perto ou longe de nossas metas.

Específicas::
Toda meta tem que ser especificada, descrita, exatamente como você a imagina. Não pode ser genérica. Tem que ser tudo bem explicado e especificado, de tal forma que qualquer um pudesse compreender a sua meta de forma clara e objetiva.

Tempo:  
Toda meta tem que ter um prazo para a sua conclusão. Se não tivermos um prazo determinado para a sua conclusão incorremos no perigo de nunca iniciarmos as atividades para alcançá-las.


Atingíveis:
Metas impossíveis só desmotivam. Toda meta tem que ser possível, realista, atingível, caso contrário elas podem ser consideradas como devaneios. As metas têm de ser construídas gradativamente.

Significativas: 
Toda meta tem que ser importante, ter um verdadeiro significado para que você sinta a necessidade (vontade, garra) em atingi-la. Ela praticamente tem que se tornar a razão da sua existência, ter um significado realmente importante de modo que sem ela você não se sinta completo ou satisfeito. Veja que não importa o tamanho da sua meta, basta que ela tenha um verdadeiro significado para você.


Postado por Ronaldo Hiramine

Nenhum comentário: